©Kamal Khalfi
©Nicolas Borel

Museu da Bretanha

França - Rennes 1995 › 2006
Leia mais
©2Portzamparc - Elizabeth de Portzamparc arquiteta
©Kamal Khalfi
©Kamal Khalfi
©Nicolas Borel
©Nicolas Borel
©Kamal Khalfi

O Museu da civilização bretã (Musée de la Bretagne) se situa em um espaço criado por Christian de Portzamparc, sobre um grande patamar de 2.000m² onde se encontram os prédios da biblioteca o do centro de ciências.
Contrariamente aos projetos museográficos tradicionais, que são fechados, Elizabeth de Portzamparc elaborou seu plano museográfico preservando a área do vão entre os dois prédios, num projeto aberto que integra a arquitetura do lugar.

Ela se inspirou na morfologia urbana para propor as cenografias correspondentes às diversas épocas da história bretã. Os primeiros períodos foram instalados em uma sucessão de grandes caixas de formas e dimensões diferentes, em torno de espaços vazios, fazendo referência aos prédios e praças urbanos. Os períodos seguintes são mostrados em uma “rua” interna. As duas grandes guerras são apresentadas em um espaço fechado, dramático, como um túnel. Por fim, o período contemporâneo é mostrado em um espaço aberto que abriga a evolução tecnológica e permite acrescentar e atualizar a história.

Concurso, projeto vencedor

Programa

Museografia. Concepção e realização da cenografia e museografia da história da civilização bretã.

Cliente

Rennes Métropole

Museografia

Elizabeth de Portzamparc.

Arquiteto

Christian de Portzamparc

área

2.000 m²